Panelinha Pró ACM Neto: oposicionistas do Governo de Mario Alexandre, Dirá o que da atual greve dos professores Municipais em Salvador?

Enquanto o prefeito do Municipio de Ilhéus, Mário Alexandre (PSD) assegura, desde o início da gestão, o pagamento do piso salarial nacional a todos os profissionais do magistério, contratados e efetivos. Os professores da rede municipal de ensino de Salvador vão entrar em greve geral a partir desta quinta-feira (19), em reivindicação pelo reajuste de 33,24% no piso salarial.

A Prefeitura de Salvador sob o comando de Bruno Reis(União Brasil), partido do então pré-candidato a governador da Bahia ACM NETO(União Brasil), fez proposta para reajuste salarial de apenas 6% e duas referências para julho e setembro, qual foi rejeitada de imediato pelo Sindicatos de Professores da Bahia(APLB).

A Educação de Salvador de fato melhorou e está em primeiro lugar como Bruno Reis(União Brasil) tinha dito recentemente em matéria ao Bahia Economica (Link da Matéria) ?

Odelius e Codo (1999b) destacam como resultado de sua pesquisa que o baixo poder de compra dos salários dos professores dificulta a aquisição de materiais necessários para sua atualização e o preparo do próprio trabalho.

Em outra pesquisa, Odelius e Codo (1999a) mostram a insuficiência dos salários dos professores não apenas para investir em cultura e formação geral com vistas a melhorar sua atuação, mas também para seu sustento e de sua família.(Estudo aqui)

Será que Bruno Reis(União Brasil), e o presidente do partido do mesmo qual é então pré-candidato a governador ACM Neto, não enxerga a defasagem salarial e desvalorização da carreira docente? Seus apoiadores estão ocupados demais em criticar gestões exemplares a ponto de não perceber um palmo a sua frente?

Comments

comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.