RELEMBRE: ILHÉUS: EX-PREFEITO VALDERICO REIS FOI DETIDO PELA PF DURANTE CASAMENTO DE FILHO

O casamento do empresário Valderico Reis Júnior, em Salvador, ganhou agora à noite uns convidados, no minimo, indesejáveis para o pai do noivo, o empresário e ex-prefeito de Ilhéus, Valderico Reis. Momentos antes da solenidade, agentes da Polícia Federal chegaram ao local da cerimônia e “levaram” o ex-prefeito para prestar depoimento. Informações chegadas ao Jornal Bahia Online dão conta de que o susto do ex-prefeito não teve longa duração. Logo após ter sido levado, advogados de Valderico Reis conseguiram ua liberação do ex-prefeito, que já está solto.

Uma pessoa que participava da solenidade disse que o clima foi tenso durante a cerimônia. Informações dão conta de que a prisão estaria relacionada a possíveis desvios de recursos quando este governou o município de Ilhéus. Valderico responde a diversos processos por improbidade administrativa e a sua detenção teria sido em função de um processo encaminhado pelo Ministério Público e comandado pela promotora Karina Cherubini.

Há vários meses a PF procurava por Valderico cujo paradeiro era considerado desconhecido. Ele estaria residindo no norte do País. Mas segundo informações obtidas pelo JBO, ele vinha frequentemente a Ilhéus. A forma como encontrava para despistar as autoridades policiais era desembarcar pelo aeroporto do Hotel Transamérica, em Comandatuba. Somente assim não era percebido durante suas estadias em Ilhéus.

O casamento do empresário Valderico Reis Júnior, em Salvador, ganhou agora à noite uns convidados, no minimo, indesejáveis para o pai do noivo, o empresário e ex-prefeito de Ilhéus, Valderico Reis. Momentos antes da solenidade, agentes da Polícia Federal chegaram ao local da cerimônia e “levaram” o ex-prefeito para prestar depoimento. Informações chegadas ao Jornal Bahia Online dão conta de que o susto do ex-prefeito não teve longa duração. Logo após ter sido levado, advogados de Valderico Reis conseguiram ua liberação do ex-prefeito, que já está solto.

Uma pessoa que participava da solenidade disse que o clima foi tenso durante a cerimônia. Informações dão conta de que a prisão estaria relacionada a possíveis desvios de recursos quando este governou o município de Ilhéus. Valderico responde a diversos processos por improbidade administrativa e a sua detenção teria sido em função de um processo encaminhado pelo Ministério Público e comandado pela promotora Karina Cherubini.

Há vários meses a PF procurava por Valderico cujo paradeiro era considerado desconhecido. Ele estaria residindo no norte do País. Mas segundo informações obtidas pelo JBO, ele vinha frequentemente a Ilhéus. A forma como encontrava para despistar as autoridades policiais era desembarcar pelo aeroporto do Hotel Transamérica, em Comandatuba. Somente assim não era percebido durante suas estadias em Ilhéus.

Fonte : http://www.politicosdosuldabahia.com.br (Por João Mateus)
Materia postada em : 5/maio/2013

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *